CLIc: uma janela aberta às mentalidades coletivas

A literary think tank

O Clube de leituras não obrigatórias

Fundado em 28 de Setembro de 1998

23 de janeiro de 2014

Por acaso: Luiz Gavri


Sim, caso, de novo, não caso.
Pois quem quer caso, não quer casa.
Tudo bem que comer juntos
Tem mais tempero e variedade,
Mas, não paga a espera
De encontro-surpresa
Com quibes e esfiras,
E, quem sabe,
Com mate e cervejinha.

Sim, caso, estou precisando
De corpo quente, chamego, banho e toalha.
Assim, caso, neste relaxo do depois
Me diga em surdina,
Baixinho para ninguém ouvir.
.

Caso, não me esconda.
Me conte.
Por acaso,
Você não conhece quem
Simplesmente, quer um caso? .



(Niterói, 17/01/14)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado leitor, em função da publicação de spams no campo comentários, fomos obrigados a moderá-los. Seu comentário estará visível assim que pudermos lê-lo. Agradecemos a compreensão.