CLIc: uma janela aberta às mentalidades coletivas

A literary think tank

O Clube de leituras não obrigatórias

Fundado em 28 de Setembro de 1998

20 de janeiro de 2017

A tradutora: Cristóvão Tezza

Ela guardou o conselho na memória. O sexo, finalmente, perdeu o mistério e o segredo, ela poderia dizer agora, eu estou madura, o sexo é apenas mais uma variável da vida e não está necessariamente atrelado a nada - apenas ao desejo, esta coisa volátil, venenosa e infiel.




As coisas enfim desabando, eis você.


Parque Tanguá


A arma da sedução é sua lisonja implícita, o que desperta a esgrima do afeto, o querer e o não querer abraçados.


Ópera de Arame


As pessoas pegam e absorvem na alma, no jeito e no gesto, o espírito dos outros, como vírus de comportamento. A diferença é que sou alguém de substância leve. Algumas pessoas são como alguém condenado à prisão perpétua de si mesma. 




O romance capta a personagem na casa dos 30 anos e à beira de uma crise pessoal. Com poucos amigos, envolvida em um relacionamento amoroso que está se esfacelando e com uma vida econômica apertada e sem perspectiva de melhora, Beatriz mergulha em seu trabalho de tradutora como uma forma de escapar da realidade. Ela traduz para o português um livro do fictício escritor catalão Felip T. Xavaste, um filósofo com inclinação conservadora que critica conceitos como a microfísica do poder de Michel Foucault.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado leitor, em função da publicação de spams no campo comentários, fomos obrigados a moderá-los. Seu comentário estará visível assim que pudermos lê-lo. Agradecemos a compreensão.