CLIc: uma janela aberta às mentalidades coletivas

A literary think tank

O Clube de leituras não obrigatórias

Fundado em 28 de Setembro de 1998

24 de fevereiro de 2015

Entrevista sobre um clube de leitura, fundação e funcionamento: Beatriz Helena

Olá, meninos e meninas. Tenho acompanhado os e-mails e o blog, mas emendando o doutorado no mestrado, não consigo - faz tempo comparecer. Mas acho fundamental o que vocês fazem mantendo um clube de leitura, tanto que gostaria de entrevistá-los sobre isso.

A princípio, havia pensado em marcar uma conversa com o Concierge. Pensando um pouco mais, resolvi "conversar" com quem quiser. Talvez possam escrever sobre isso, no campo de comentários desta postagem. 



Estou pensando em, com muita calma e paciência, utilizar um espaço muito bem localizado no centro do Rio, a Livraria Gramma, para começar um pequeno grupo, a exemplo de vocês: blog, leituras coletivamente escolhidas, com antecedência. A inspiração é este grupo, pela simples razão de que vocês lêem, de todas as formas e de coração aberto, vocês lêem mesmo.

É isso, vamos conversar. Um abraço.

  1. Então, a primeira e básica é: como foi criar o clube? da ideia à operacionalização, como foi? Um grupo de amigos, colegas de algum estudo, vizinhos...

Olá Biah, muito bom saber que você continua nos acompanhando apesar de toda demanda de estudos e outras exigências da vida. Perguntas “básicas” como as suas apresentam excelentes oportunidades de refletirmos sobre o Clube porque, a exemplo das releituras literárias, os tempos mudam, nós mudamos, o grupo também, novos participantes, o que nos faz descobrir novas maneiras de compreender nosso clube de leitura, que não apenas é sempre bom mas necessário. Suas perguntas também ajudarão os novos integrantes desta história de mais de 16 anos a conhecer nosso Clube. 

Criar o CLIc foi como aproximar fogo e combustível, deflagrou uma bela história de leituras, descobertas, amizades e acontecimentos muito significativos. A ideia de reunir livros e amigos não é o máximo? A operacionalização foi feita e continua sendo feita de forma permanente segundo a vontade dos leitores que nos frequentam nas Reuniões mensais ou que participam através da web (blog, gmail, facebook, twitter) procurando sempre atender a todos os participantes na medida do possível. O jogo de forças entre essas diferentes formas de participação demanda um certo esforço de harmonização para equilibrar a luta de subjetividades existentes num domínio tão instigante e crítico como é o da leitura, mas é muito gratificante. É só imaginar o que acontece quando se reúne em um mesmo (hiper)espaço pessoas bonitas, inteligentes, sábias, cultas, jovens, críticas, ideológicas e de personalidade forte: (Big)Bang! uma explosão de vida, emoção e aprendizado, que é o que acontece no nosso clube de leitura. Quando não dá para frequentar as Reuniões, as pessoas sempre arrumam um jeito de participar, como é o que você está fazendo agora. Estou seguro que suas perguntas também são as de muitos leitores que aderiram ao nosso Clube recentemente e querem saber mais sobre nós. Vamos a mais perguntas!


Bem vinda de novo, adoramos conversar!







(Continuem respondendo, por favor, no campo de comentários da postagem)


4 comentários:

  1. No livro do clube de leitura está tudo explicadinho.

    Fernando

    ResponderExcluir
  2. A história é longa, longuíssima, Beatriz Helena. Acho que você vai encontrar a resposta no livro "Clube de Leitura Icaraí - 15 anos entre livros", publicado por ocasião da comemoração dos 15 anos de existência desse fantástico grupo. E que grande notícia descobrir que nosso querido clube está servindo de mola propulsora para criação de outros clubes de leitura. Esta foi sempre a ideia, desde o início das atividades do clube na Livraria Icaraí.

    ResponderExcluir
  3. Olá Biah, muito bom saber que você continua nos acompanhando apesar de toda demanda de estudos e outras exigências da vida. Perguntas “básicas” como as suas apresentam excelentes oportunidades de refletirmos sobre o Clube porque, a exemplo das releituras literárias, os tempos mudam, nós mudamos, o grupo também, novos participantes, o que nos faz descobrir novas maneiras de compreender nosso clube de leitura, o que não apenas é sempre bom mas necessário. Suas perguntas também ajudarão os novos integrantes desta história de mais de 16 anos a conhecer nosso Clube.

    Criar nosso clube de leitura foi como aproximar fogo e combustível, deflagrou uma bela história de leituras, descobertas, amizades e acontecimentos muito significativos. A ideia de reunir livros e amigos não é o máximo? A operacionalização foi feita e continua sendo feita de forma permanente segundo a vontade dos leitores que nos frequentam nas Reuniões mensais ou que participam através da web (blog, gmail, facebook, twitter) procurando sempre atender a todos os participantes na medida do possível. O jogo de forças entre essas diferentes formas de participação demanda um certo esforço de harmonização para equilibrar a luta de subjetividades existentes num domínio tão instigante e crítico como é o da leitura, mas é muito gratificante. É só imaginar o que acontece quando se reúne em um mesmo espaço pessoas bonitas, inteligentes, sábias, cultas, críticas, ideológicas e de personalidade forte: (Big) Bang! uma explosão de vida, emoção e aprendizado, que é o que acontece no nosso clube de leitura. Quando não dá para frequentar as Reuniões, as pessoas sempre arrumam um jeito de participar, como é o que você está fazendo agora. Estou seguro que suas perguntas também são as de muitos leitores que aderiram ao nosso Clube recentemente e querem saber mais sobre nós. Vamos a mais perguntas!

    Bem vinda de novo, adoramos conversar!

    ResponderExcluir
  4. Um registro aqui: https://www.youtube.com/watch?v=Tde3LCx1ESU

    ResponderExcluir

Prezado leitor, em função da publicação de spams no campo comentários, fomos obrigados a moderá-los. Seu comentário estará visível assim que pudermos lê-lo. Agradecemos a compreensão.