CLIc: uma janela aberta às mentalidades coletivas

A literary think tank

O Clube de leituras não obrigatórias

Fundado em 28 de Setembro de 1998

3 de julho de 2014

Os ratos: Hélio Penna




Leia conto do Hélio Penna publicado na Revista Virtual do site da Academia Niteroiense de Letras clicando na imagem acima.




Hélio José Lima Penna participa do CLIc desde janeiro de 2013 e é um dos escritores participante do livro Clube de Leitura Icaraí - 15 anos entre livros.


7 comentários:

  1. Texto forte e sensível, assinalando muito bem as agruras da vida. Oportuno também, pois recentemente a CCJ aprovou a Lei da Palmada, rebatizada agora não me lembro com qual nome. Parabéns, Helio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. O conto foi escrito em 2012, motivado pela notícia da mãe que queinou a mão do filho para "discipliná-lo". O fato terrível me machucou. Agora, com a publicação na Revista Virtual, eu reli o texto para a minha esposa e ela chorou muito. São as marcas ruins que muitos pais deixam em seus filhos. Precisamos refletir.

      Excluir
  2. Muito bom, Hélio. Achei interessante o título no plural e o final, "vendo que o ovo não se partira", é um toque de mestre. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. A realidade ao meu redor (e dentro de mim) preenche os meus contos de crianças em situações de angústia. São as crianças os indivíduos que mais sofrem com a miséria social. Os pais, muitas vezes, atingem os seus pequenos com a ira das suas frustrações. Hélio Penna.

      Excluir
  3. Bem escrito, enxuto, com profunda visão do escritor.
    Carlos Rosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Você me incentivou a provocar relacionamentos pela internet, e eu começo a colher os frutos desta sugestão. O escritor necessita visceralmente da troca com os seus leitores. É o leitor quem abre as janelas para que entre a luz no mundo confuso do autor. Hélio Penna

      Excluir
  4. Bem escrito, enxuto, com profunda visão do escritor.
    Carlos Rosa.

    ResponderExcluir

Prezado leitor, em função da publicação de spams no campo comentários, fomos obrigados a moderá-los. Seu comentário estará visível assim que pudermos lê-lo. Agradecemos a compreensão.