CLIc: uma janela aberta às mentalidades coletivas

A literary think tank

O Clube de leituras não obrigatórias

Fundado em 28 de Setembro de 1998

30 de julho de 2013

Sugestões de Leitura (Bel CLIc nº 004 de 30/07/2013)

Para comentar uma ou mais das sugestões de leituras abaixo, clique no campo Comentários.


Sonia Salim - Fahrenheit 451


"Indico Fahrenheit 451 – a temperatura na qual o papel do livro pega fogo e queima. Obra de ficção científica norte-americana lançada em 1953 que consagrou mundialmente o escritor Ray Bradbury e 13 anos depois chegou ao cinema pelas lentes de François Truffaut. Num regime totalitário, o bombeiro Guy Montag vivia com a sua mulher numa sociedade em que o seu trabalho era queimar livros já que as casas eram à prova de fogo. As mulheres eram débeis e fúteis, dependentes de ansiolíticos e o suicídio era algo normal. A leitura era crime e os que não podiam viver sem ela teriam a marginalidade a seu dispor. Os foragidos decoravam os livros e eram conhecidos pelos títulos para preservar a cultura. O livro é muito mais do que isso, mas como resumo, vale".


Rita Magnago - Tuareg

"Indico Tuareg (nome dado ao grupo étnico nômade que habita o deserto do Saara). É um livro que surpreende e nos leva a muitos questionamentos sobre nossos códigos de conduta, não escritos, mas tão presentes e determinantes em nossas vidas, para o bem ou para o mal. Excelente para reflexão, é ainda emocionante, tem um ritmo frenético e nos aproxima de uma realidade distante, abrindo horizontes. É uma viagem ao exterior e ao interior, muito bom mesmo.

Cito abaixo um trecho da opinião de outra leitora, que li no blog da LP&M:

Tuareg é um livro denso e ao mesmo tempo tenso. Que flui como grãos de areia esparramados pelo vento no deserto. E prende como um oásis. "

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prezado leitor, em função da publicação de spams no campo comentários, fomos obrigados a moderá-los. Seu comentário estará visível assim que pudermos lê-lo. Agradecemos a compreensão.