CLIc: uma janela aberta às mentalidades coletivas

A literary think tank

O Clube de leituras não obrigatórias

Fundado em 28 de Setembro de 1998

10 de junho de 2013

Clube da Lua - Lua Cheia


"Mulheres são como a lua
a natureza assim fala,
e, cheia, a lua flutua
enquanto a mulher se cala." 


(I, lembrando uma lenda indígena.)

* * *

O australiano Mark Gee capturou em vídeo a imagem da lua, pairando sobre o miradouro do Monte Victoria, em Wellington (Nova Zelândia).

"Para capturar o vídeo foi necessário colocar-me a cerca de 2,1 Km de distância, do outro lado da cidade ", disse Gee.




Segundo o autor, o vídeo está como foi filmado, sem que tenha havido qualquer manipulação. O vídeo tem a duração de três minutos.


7 comentários:

  1. Ilnea, senti cheiro de café e pão quentinho. quase como antigamente... E com luar , então, melhor ainda!
    Obrigada por essa presença de poesia e beleza!
    Elô

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elô... sempre gentil... mas... olha só:

      Hoje não tem lua cheia
      nem violão, nem serenata,
      não tem escritos na areia...
      mas assim mesmo, sou grata.

      Grata por minhas histórias
      que no céu, a lua espalha,
      e pelas minhas memórias,
      que o tempo talha e retalha.

      Junto, rejunto, junto
      outra vez... e uma vez mais,
      volto sempre ao mesmo assunto...
      mais uma vez? É demais!

      Por isso aqui vou ficando,
      encerrando a brincadeira,
      só por hoje, e vou voltando
      amanhã... que é quarta-feira.(I)

      Abraço grande...

      Excluir
  2. Ilnéa, lindo vídeo, linda poesia. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você Rita, sempre gentil.

      O video encontrei, quase que por acaso, e, como penso que sou uma "lunática" (no bom sentido, se é que isso existe) de imediato resolvi postar para o club.
      Quanto ao poema trovado, ou vice-versa, talvez seja não mais que um tantinho de sonho meu... ainda que acordada. Ou então... quem sabe seja só um sonho não sonhado... ou que sonhei e não dei conta de nada?
      Um dia... quem sabe?
      I

      Excluir
  3. Que lindeza, Ilnéa! Quem não fica extasiado na presença da linda lua? Amei seu lindo poema!

    Abraços!

    Sonia Salim

    ResponderExcluir
  4. Ilnéa,

    a lua está sempre nos inspirando
    mesmo depois de a terem invadido...
    Que mistério será esse,
    de eterno encantamento?
    Obrigada !
    Beijinhos ternos, Vera

    ResponderExcluir
  5. Querida Ilnéa, belos versos, Parabéns! Inspiraram-me outros:
    Quem me dera ser a lua,
    alta no céu a brilhar.
    Abençoando os amantes
    com a cinza do meu luar.
    Elenir

    ResponderExcluir

Prezado leitor, em função da publicação de spams no campo comentários, fomos obrigados a moderá-los. Seu comentário estará visível assim que pudermos lê-lo. Agradecemos a compreensão.